SECRETARIAS
O que você procura?

Equipe de ESF é desacatada por pessoas que não queriam esperar na fila de vacinação

Servidores da Estratégia de Saúde da Família (ESF) Dr. Roberto Bragagnolo, localizada no bairro do Rocio II, foram alvo de desacato na última terça-feira (6), após duas pessoas recusarem esperar na fila de recebimento da vacina contra a Influenza.

A unidade de saúde contava com algumas doses da vacina em seu estoque e informou que a população em geral de sua área de abrangência poderia ir até o local para recebe-las. Para tal, os interessados recebiam uma senha assim que chegavam na unidade e, na sequência, deveriam esperar serem chamadas. A senha era entregue conforme a ordem de chegada dos pacientes.

Em determinado momento duas pessoas chegaram no local e recusaram-se a esperar na fila, querendo receber a vacina instantaneamente, porém haviam outros pacientes aguardando pelo mesmo procedimento.

As profissionais da unidade de saúde explicaram a situação para as duas pessoas em questão, porém as mesmas não aceitaram a explicação e ofenderam a equipe local utilizando palavras de calão. Um dos pacientes que estava na unidade de saúde e presenciou a cena, acionou a Polícia Militar.

Quando os policiais chegaram no local, as duas pessoas já haviam ido embora, porém os profissionais que foram ofendidos registraram o fato e realizaram todos os procedimentos cabíveis. De acordo com os servidores do local, esta não foi a primeira vez que as duas pessoas ofenderam os profissionais da ESF.

Registramos que desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela é crime previsto no artigo 331 do Código Penal, com detenção de seis meses a dois anos, ou multa.

RECEBA AS NOTÍCIAS POR EMAIL

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ORGÃOS E SERVIÇOS PÚBLICOS

Termos de uso

Política de privacidade

Rua Luiza Trombini Malucelli, 134 – Centro

Palmeira – Paraná – CEP 84.130-000

CNPJ: 76.179.829/0001-65

Horário de Atendimento

Segunda-feira a Sexta-feira

08:00 às 12:00 – 13:00 às 17:00