SECRETARIAS
O que você procura?

Palmeira atinge meta de vacinação contra a poliomielite; doses estão disponíveis até dia 30

Palmeira ultrapassou a meta estipulada pelo Ministério de Saúde de vacinar mais de 95% das crianças menores de 5 anos de idade residentes no município, na Campanha de Vacinação contra a Poliomielite. Até o início desta quarta-feira (25), 1.787 doses foram aplicadas, atingindo a cobertura vacinal de 95,82%. O total de crianças com idade para receber a vacinação é de 1.865.

Mesmo com a meta atingida, a Secretaria Municipal de Saúde continua trabalhando para aumentar o número de crianças que devem receber a dose. A vacinação fica disponível em todas as unidades de saúde do município até o dia 30 de novembro ou enquanto durarem os estoques. Vale destacar que todas as salas de vacina estão utilizando os protocolos de segurança estabelecidos para a prevenção da Covid-19.

No público-alvo da campanha contra a poliomielite estão crianças menores de 5 anos de idade, porém com estratégias diferenciadas para crianças com até 1 ano incompleto e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos. A depender do esquema vacinal registrado na caderneta, a criança poderá receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), como dose de reforço ou dose extra, ou a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), como dose de rotina.

De acordo com a enfermeira Conceição Rocha Buge, a vacinação contra a poliomielite e a atualização vacinal tem papeis fundamentais para a saúde da população. “A Campanha de Multivacinação e da Pólio 2020 tem uma importância fundamental nesta época de pandemia. Temos que manter altas coberturas vacinais para que doenças que já foram eliminadas não voltem, como é o caso do Sarampo. Também tem sido uma excelente oportunidade para a atualização da carteira de vacinação dos adolescentes, especialmente com relação às vacinas HPV e Meningo ACWY”, destacou.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, mesmo neste momento que antecede a chegada da vacina da Covid-19, a população deve atualizar a caderneta de vacinação. É preciso estar imunizado contra todas as outras doenças para as quais existem as doses disponibilizadas na rede pública; são 18 vacinas ofertadas para imunizar contra doenças tão graves quanto a Covid e que também podem causar o óbito.

Poliomielite

A poliomielite é uma infecção contagiosa causada pelo poliovírus selvagem, que pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total. Essa doença está erradicada no Brasil desde 1994, porém, ainda existe a presença do vírus que transmite a doença em outros países, como o Paquistão e o Afeganistão. A vacinação é a única forma efetiva de prevenção, por isso é importante a conscientização da população e a vigilância constante dos profissionais da saúde.

Além da vacina, outra medida importante de controle da pólio realizada pela Vigilância Epidemiológica é a notificação de casos de crianças que chegam aos serviços de saúde com sinais de paralisia.

Os primeiros sinais podem ser febre, mal-estar, dor de cabeça, dor no corpo, vômitos, diarréia, rigidez na nuca e sinais de meningite. Sintomas mais agudos podem apresentar instalação súbita de deficiência motora, assimetria da musculatura de membros e flacidez muscular, entre outros.

De acordo com o calendário, a vacina contra a poliomielite é indicada para crianças de 2 meses (1ª dose), 4 meses (2ª dose) e 6 meses (3ª dose). Estão previstas ainda doses de reforço aos 15 meses e aos 4 anos de idade.

Sarampo

O sarampo é outra doença de contágio viral que sempre preocupa a Vigilância e o Programa Estadual de Imunizações, pois pode levar a complicações como encefalite, meningite e pneumonia e, em casos de maior gravidade, pode provocar o óbito.

O Paraná saiu da situação de surto do sarampo em setembro, depois de completar 90 dias sem registro de novos casos. Entre agosto do ano passado e agosto deste ano o estado totalizou 1.976 casos.

Para estar imunizado contra o sarampo é preciso receber duas doses da Vacina Tríplice Viral entre 1 ano de idade e 29 anos, entre 30 a 59 anos a imunização acontece com dose única.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, também segue em todo estado até o dia 30 deste mês e nesta fase é dirigida as pessoas na faixa de 20 a 29 anos.

RECEBA AS NOTÍCIAS POR EMAIL

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ORGÃOS E SERVIÇOS PÚBLICOS

Termos de uso

Política de privacidade

Rua Luiza Trombini Malucelli, 134 – Centro

Palmeira – Paraná – CEP 84.130-000

CNPJ: 76.179.829/0001-65

Horário de Atendimento

Segunda-feira a Sexta-feira

08:00 às 12:00 – 13:00 às 17:00